27/05/2014

Estilos de moda de rua japoneses: Você adere?


Olá kawaiizudinhos, tudo bem? 
Na postagem de hoje eu falarei sobre estilos. Um pouco de cada.
Que a moda de rua japonesa é bem vasta, todos sabemos. E que a cada dia que passa ela ganha mais admiradores, também sabemos, certo?
Mas e pra quem não quer apenas admirar, e sim incorporar o estilo ao seu próprio guarda-roupa, e não mora no Japão...? É possível?
Vejamos...

Quem é que gosta de cultura japonesa e nunca ouviu falar no famoso bairro Harajuku? O lugar virou tipo um ponto de encontro dos jovens japoneses, onde eles mostram seus estilos sem medo de serem felizes. Vou explicar: No Japão, desde pequenos, as pessoas são criadas sob modos rigorosos. Você passa toda sua vida e adolescência usando uniformes, onde tudo é padronizado, desde a camisa até a mochila. Depois os jovens entram na Universidade, e em seguida, é hora de partir em busca de um bom emprego. Pois bem, esse intervalo de tempo em que eles estão na Universidade é quando os japoneses aproveitam para extravasar! É a única época da vida em que eles não terão de viver sob um padrão.
Em Harajuku podem ser encontrados muitos estilos: para as fofas temos o Decora - um estilo mega colorido carregado de acessórios kawaii; o Lolita - onde você pode se vestir com vestidos rodados lembrando crianças, laços, ursinhos e muitos cachos ), e o Fairy Kei - que muitos dizem ser uma evolução do Decora. Se a sua pegada é mais dark, opte pelo Visual Kei - um estilo cheio de atitude, mesclado a roupas pretas, acessórios rock, maquiagem bem trabalhada e penteados incríveis! Agora, se o que você prefere é glamour, a moda certa para você é Gyaru - garotas super bronzeadas com roupas de grife e cabelos loiros lindos.
Atenção: TODOS os estilos tem sub-estilos. Os sub-estilos são características que um determinado grupo que fazia parte daquela moda, resolveu acrescentar. Por exemplo: as Dark Decoras, que se vestem apenas com roupas pretas e brancas.


   





Ok, eu gosto de um estilo e quero colocar no meu dia-dia. Será que rola?

 Olha, eu particularmente acho que sim. Você só precisa ter em mente que as pessoas vão achar você esquisito. Isso não quer dizer que seja verdade e nem quer dizer que é porque você tem um estilo made in Japan. É porque você É DIFERENTE. Qualquer pessoa que fuja ao padrão é facilmente notada quando anda pelas ruas. Sabe aquele cara forte e todo tatuado? Existem fortes chances de todos acharem que ele é um bandido/violento/sabe-se lá o quê mais, e que ele não tem Jesus na vida, embora ele possa ser uma pessoa comum que tem medo de hamsters oi?.  Nós vivemos em uma sociedade preconceituosa, fazer o quê?

 Mas suponhamos que você seja feito eu, e não dê a mínima pro que as pessoas dizem! Isso é bom, já é meio caminho andado. Eu tenho influências Visual kei no meu armário há uns três anos, e eu já ouvi bastante coisa. Algumas boas, outras nem tanto... Já me falaram que eu pareço um personagem de anime ?, e também me falaram que ter tantas cores no cabelo é pecado ????? .

Dica 1: Customize
Você pode adaptar várias peças para o estilo que você escolher, ou pode customizar. Se você quiser comprar diretamente, acredite, vai sair meio caro. Uma roupa importada não sai por menos de R$100,00, se contar com o frete. Claro que em muitos sites, como o Ali Express e Mercado Livre, você pode dar uma pechinchada. Só que sai bem mais barato comprar tudo na loja perto da sua casa, concorda?
Sobre customizar: Você quer uma blusa toda rasgada, mas não encontrou em nenhum lugar. Compre uma camiseta barata e procure alguns tutoriais na internet de como você pode fazer dessa peça um icone fashion ui divei.

Dica 2: Pesquise
Veja muuuuuuuuuuuuuuuuuitas fotos do seu estilo, preste atenção nos detalhes. Escolheu Decora? Note que elas usam vários tique-taques infantis de várias cores e não se importam com misturas cítricas tipo verde-limão com laranja.

Dica 3: Não se importe tanto com os outros
Não vá ficar encanado com o que falarem pra você. Sinta-se bem consigo mesmo.

Dica 4: Mas eu trabalho /  Estudo.
Jura? Bem vindo ao mundo :v Então, adapte meu bem... Você não precisa colocar aquela saia-anágua-meião para ir o colégio, mas pode encher sua mochila de bottons e lacinhos, usar um casaquinho fofo...

Dica 5: Tire fotos
É a parte mais legal. Tire bastante foto, nem que seja sozinho, no seu quarto. Um dia você vai olhar pra elas e vai achar bacana ter essas lembranças.

Dica 6: Sou negro, e agora?
Onde é que está escrito que negros não entram nos estilos??? Quem foi que disse que não pode? Be Happy Baby!

Bom, eu vou ficando por aqui.
Se você tem alguma dúvida ou precisa de ajuda com seu estilo, deixa um comentário! Vou adorar ajudar 

Kissu da Shima-chan :3









Nenhum comentário:

Postar um comentário